Raquel Saran e Maiquel Reimann

Poema feito exclusivamente para o casal.

Comigo

…Se vai devagar, fazendo pirraça meu peito se espalha.
E não vai querer mais saber de limites,
vai querer comandar teu riso
e se me disser que não sei,
te digo que não sei entender,
e vai devagar tua valsa dançando nos meus olhos,
que é devagar que te beijo,
é devagar que decoro as flores nos teus olhos,
que decoro o amor nos teus lábios…

Amo-te desde o mais simples dia que nos vimos,
Amo-te desde o mais simples suspiro que me destes….
tu és aquilo que fiz de ti e quando vejo que sou hoje um pouco daquilo que me transformastes, somos uma mistura de sensações e sentimentos que não sabem mais viver sós… então quero te pra sempre aqui… morando no lugar mais guardado por mim… meu peito é teu…

Poema – Patrícia Baroli

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *