Cristiano & Luana

Poema feito exclusivamente para o casal.

Sorrio ao lembrar que é verdade
preciso abrir bem os olhos pra acreditar em tudo
Olho atento a cada detalhe e parece que sempre estivera em mim
As vezes é um sentimento bobo, as vezes bem mais que imaginei sentir
e se te vejo aproximar-se de leve, teu cheiro, tuas varias faces, descubro que não importa mais nada alem disso…
E cada segundo que não tenho mais que esperar é como se a vida toda passasse frente a meus olhos, e num ato de escolha a que me foi dado, escolho olhar-te mais uma vez
Quando apenas te ver se tornou pouco, insuficiente, descobri que o pra sempre existia, e percebi que o queria pra nós!
Teus vários sorrisos, iluminando tudo em volta, tuas varias maneiras de dizer o que achei não existir na verdade
E agora percebo o quanto estamos enganados sobre nós mesmos, o quanto se faz necessário que uma pessoa que a pouco conhecemos seja a chave desta porta chamada coração…

Poema – Patrícia Baroli

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *